Confira o terceiro episódio da Websérie do Escolas Conectadas!

webserie-fatima


Como utilizar o tempo de espera do transporte para promover uma atividade com os alunos? Esse é um dos desafios que a professora Fátima Hammes, de Caçador, em Santa Catarina, conseguiu transformar em oportunidade de inovar depois de fazer os cursos da plataforma Escolas Conectadas. Hoje, ela tem mudado a realidade de 120 crianças em uma escola rural da região com muitas outras atividades. 

Saiba mais sobre essa história inspiradora no terceiro episódio da Websérie Escolas Conectadas.

Escolas Conectadas na prática

“O que mais me encantou na plataforma foi a relação entre os cursos, um complementa o outro. A linguagem acessível, a rapidez da formação e as temáticas de extrema importância para a prática educativa, nos motivam a buscar novas formas de agir ao mesmo tempo em que nos fazem refletir sobre a nossa prática”, acrescenta a gestora sobre a experiência com os cursos.

Ao longo do processo de aprendizagem, Fátima buscou solucionar alguns dos problemas enfrentados no dia a dia das turmas: indisciplina, melhor aproveitamento dos espaços da escola e a produção colaborativa de projetos que aproximassem professores, estudantes e a comunidade. A partir destas relações entre os cursos surgiram ações tanto para aprimorar as práticas já existentes, quanto para implementar elementos inéditos.

Confira o roteiro completo da atividade que a professora Fátima propôs!

Conheça a Websérie do Escolas Conectadas e os educadores participantes.

Conteúdos relacionados